terça-feira, agosto 31, 2010



ahahah :D


grande videoclip... a música é que já mudava ;)


Estou tonta com este vídeo... melhor era impossível...!

Minilogue - Animals from ljudbilden on Vimeo.

Director/Animator/Characterdesign: Kristofer Ström
AE/Filmmaestro/Cutting: Erik Buchholtz
Producers: Bart Yates, Nicholas Wakeham
Studio: varelsen.com / ljudbilden.com

sexta-feira, agosto 27, 2010



:)

quinta-feira, agosto 26, 2010



absolutamente impagável!!!

words from jacques khouri on Vimeo



epá...juro que ainda no outro dia me deitei a pensar "mas as palavras também são desenhos..." isto há coisas :)

vale sem dúvida a pena conhecer as outras animações do autor!




Cabeça Corpo Mãos

enjoy them

quarta-feira, agosto 25, 2010

terça-feira, agosto 24, 2010

só mais este! lindo! :)




ahah :)

Pomplamoose
têm muitos covers engraçados como o Beat It!


Kate + Bulgarian Voices

Was it me said you were crazy?
I put on my cloudiest suit,
Size 5 lightning boots, too.

'Cause I am a rocket
On fire.

ok, Tori e Björk são génias... mas Kate Bush é a mãe delas todas! É a sua percursora por excelência! O que não invalida que as aprendizes possam ultrapassar a própria mentora em algumas coisas :)
Land of plenty (2004)

land of plenty 2


land of plenty 4

by Wim Wenders

segunda-feira, agosto 23, 2010


perfeito...

But what if I'm a mermaid
In these jeans of his
With her name still on it
Hey but I don't care
Cause sometimes
I said sometimes
I hear my voice
And it's been here
Silent all these years




deixa-me ser... só ser...

sábado, agosto 21, 2010



Y ahora dígame que cree usted
Por qué Colombia es más que coca, marihuana y café

yey!! Só descobri estes gajos agora!! Nice! :D ahah a cena no cabeleireiro é a melhor!


"Vocês nem imaginam o Alors on danse é tipo o Dragostea Din Tei! Toda a gente ouve aquilo!"



"Proust" voltou às suas origens lisboetas:) O reencontro bicaense dos amigos resultou em descobertas maravilhosas:

Parte 1


- O Camões ficou zarolho em Ceuta! Levou com uma flecha em Ceuta!
- Não, na Índia! Quando andava com os Lusíadas nos braços no meio do mar!
- Mas vocês estão bem?? O Camões ficou zarolho num túnel nos Restauradores! Mas vocês pensam o quê? O Camões era um soldado do mais baixo que há! Era um rufia da pior espécie! Um bêbado!
- Tanto é que no final recebia uma pensão da Coroa e morreu na miséria porque a gastava toda no vinho!

Parte 2

- Mon petit choux!
- Siiim o À la recherche du temps perdu de Proust é uma poesia narrada!
- Esse homem não é um cavalheiro, é um cangalheiro!

Parte 3

- C'est degolas!
- Plan chaud!
- Vous êtes tous des bêtes!

- ai que bestaaa :D

sexta-feira, agosto 20, 2010

I'm getting old and I need something to rely on

So tell me when you're gonna let me in
I'm getting tired and I need somewhere to begin

So If you have a minute why don't we go
Talking about that somewhere only we know?
This could be the end of everything
So why don't we go
Somewhere only we know?
(Somewhere only we know)

quinta-feira, agosto 19, 2010

quarta-feira, agosto 18, 2010

IMG_8082


IMG_8083


IMG_8086


IMG_8087


IMG_8088


IMG_8089


IMG_8090

segunda-feira, agosto 16, 2010

"Silence is an easy text to misread"

A.A. Attanasio


"Friducha" y "Panzón" 1940

domingo, agosto 15, 2010

string theory



:))))))
graças a deus existem génios como o David Byrne e o Tom Zéééé! :)







sem alma cruel cretino descarado filho da mãe o amor é um rock e a personalidade dele é um pagode!
uma das mais poderosas de sempre sempre sempre...



Close your eyes
listen closely
all that you've learnt
try to forget it

Fuck logic, fuck logic
bravo to instinct
and sweet intuition

What makes you tick?
try to remember
all that you've learnt
try to forget it

Believe in believing
believe in instinct
and sweet intuition, honey

And inside
we're all still wet
longing and yearning
repeat after me:

Fuck logic, fuck logic
bravo to instinct
and sweet intuition
sweet intuition
sweet intuition, honey
uma das geniais!




Unhappiness, where’s when I was young
And we didn’t give a damn
’cause we were raised
To see life as a fun and take it if we can
My mother, my mother she hold me
Did she hold me, when I was out there
My father, my father, he liked me
Ol he liked me, does anyone care

sábado, agosto 14, 2010



i love you Carmen
rio vouga
video

p.s. - ver sem som!

quarta-feira, agosto 11, 2010

Os Piratas do Andançaaas! argghhhhhhh :DDD




"BRINCADEEEERA TEM HORA"

:D:D:D:D


Broken down and hungry for your love
With no way to feed it
Where are you tonight?
Child, you know how much I need it.
Too young to hold on
And too old to just break free and run.



E pra não chorar eu só vou gostar de quem gosta de mim...

Sabes bem Caetano ... :)

gaivotas...mar...cuecas... "amor, a vida é feita de momentos..."

Os mais espertos que se desenganem. A melhor altura para ir à praia é ao final-da-tarde-noite.

Situemo-nos: Caparica, Praia do Castelo, 20h-22h.

Centenas de gaivotas. Selvagens. Lutando pelo peixe deixado para trás pelo barco amarelo acabado de chegar à costa. Elas estavam a 1 cm da minha cabeça. E voavam, e lutavam e eram tantas!
Tantas!

Céu. Azul-rosa. Suspirando a noite de mansinho.... acalmando as gaivotas...a poisarem pouco a pouco no mar. O seu baloiço preferido.
O nosso baloiço preferido.

"E agora porra? Não gosto nada de vestir cuecas usadas de novo!? Estão sujas! Olha já sei: viro-as ao contrário!!" - Nasceu uma nova técnica do desenrasca.

"Uma vez tinha saído da Caparica, fui comer sardinha com pimentos, cheguei a casa e ia morrendo!"

E que belas sardinhas, e o truque do empregado de mesa? E as estrelas sobre o mar...

e a nossa sombra... do tamanho do infinito...

Digo-te: estes momentos são infinitos!

PS: "blá blá blá...mas quem? A Ana Papoila?" ahahah

PS 2: Rescaldo: "Tá calada aquele vinho é soberbo. Se soubesses a artimanha psicológica que tive de fazer para conduzir com aquela sensação maravilhosa!"

:D

segunda-feira, agosto 09, 2010



palavras para quê?

se as palavras são como fontes ou como incêndios
se as palavras são florestas ou são cinzas
se as palavras são animais selvagens ou pássaros adormecidos
se as palavras são esquinas em ruas lisas

se as palavras são pedras ou meiguices lançadas aos charcos
se são a nossa criação mais frágil e impaciente
e o nosso adereço mais caprichoso.

mas também o nosso texto
e a nossa leitura
mas também o nosso texto
e a nossa leitura

palavras para quê?

para te dizer o que sinto
para sentir o que te digo.

Surrender